Gestão & Negócios
11/10/2017 17:35 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Receita Federal Pretende dobrar autuações de pequenas e médias empresas A Receita Federal do Brasil divulgou recentemente que pretende dobrar as autuações de pequenas e médias empresas

De acordo com o sub-secretário de Fiscalização, Iágaro Jung Martins, a estimativa é que essas autuações de empresas de menor porte, que possuem um elevado nível de sonegação, deve chegar a 30 mil até o fim deste ano, no ano passado o número foi de 15 mil autuações.
A expectativa é que em 2018 a quantidade de empresas atuadas possa ultrapassar os 40 mil autuações.
Ainda segundo Martins, a fiscalização está preocupada com os tubarões, mas tem que manter estratégia em relação aos pequenos, que sonegam mais e contestam menos o fisco. Motivo que levou a Receita Federal desenvolver uma fiscalização de alta performance para as empresas menores que equivale a uma malha fina.
O fisco federal já identificou indícios de mais de 25 mil empresas, pequenas e médias, que teriam omitido sua receita bruta entre 2014 e 2015, deixando de pagar cerca de R$ 600 milhões em tributos, incluindo juros e multas.
Também é foco da Receita Federal empresas que possuem enquadramento indevido no sistema simplificado de recolhimento (SIMPLES) e usufruem destes benefícios irregularmente.
Até agora apenas 8,4% dos contribuintes que receberam correspondência da Receita Federal regularizaram sua situação espontaneamente, quem não regularizar-se voluntariamente passará a ser fiscalizado e estará sujeito ao pagamento de multas de até 75% sobre o valor que não foi declarado. A expectativa do órgão é que as as autuações superem meio milhão de reais.

Galeria de fotos

Leia também...