Flor do Sertão
09/06/2017 09:51 (atualizado em 31/12/1969 21:00)

Município desenvolve programa “Saúde vai à sua Comunidade” Nos encontros, uma equipe de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde leva informações e avisos de interesse da população, além de ministrar orientações específicas sobre temas importantesF

Flor do Sertão
Encontros são realizados a cada dois meses nas comunidades
A Secretaria de Flor do Sertão desenvolve desde 2009 o programa “A saúde vai à sua comunidade”, atividade que esclarece e orienta a população, dando acompanhamento mais próximo e cuidadoso. Os encontros são bimestrais em cada uma das dez comunidades do município. Nesses encontros, uma equipe de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde leva informações e avisos de interesse da população, além de ministrar orientações específicas sobre temas importantes.
Os dados epidemiológicos do município servem de base para orientar as pessoas quanto aos cuidados, hábitos e práticas que garantem o bem estar, superando riscos à saúde. É comum acompanhar a equipe um profissional na área da saúde ou de alguma área de interesse público, que ministra pequena palestra no intuito de esclarecer e bem orientar a população.
A médica da Unidade Básica de Saúde, Flávia Barcelos, sempre acompanha a equipe de saúde nos encontros do programa, e reconhece quanto é importante esse contato com a população na própria comunidade. “Percebemos como é vantajoso o contato com as pessoas aqui na comunidade ou nas visitas domiciliares, pois elas se sentem mais à vontade, e isso faz muita diferença em se falando de saúde”, explica. Além do contato com a população por meio desse programa, a médica também faz visitas domiciliares a pacientes que têm sérias dificuldades para se deslocarem até a Unidade de Saúde, um diferencial de Flor do Sertão.
Nos encontros realizados nas comunidades, por meio do programa “A saúde vai à sua comunidade”, também é aferida a pressão dos presentes e são entregues os medicamentos àquelas pessoas que fazem uso regular. Isso facilita ainda mais a vida das pessoas, não sendo necessário ir até a Unidade de Saúde apenas para buscar seus medicamentos – que são recebidos gratuitamente. Natalina Boff, residente na Pedra Branca, reconhece quanto isso é positivo. “Além de não precisar me deslocar até o posto para retirar os remédios, aqui consigo tirar dúvidas e receber orientações diretamente da médica ou de uma das profissionais da saúde; espero que não se acabe esse ótimo trabalho aqui no município”. Segundo ela, embora esses encontros sejam muito importantes, a participação da população ainda deixa a desejar; algumas pessoas acham que, por não precisarem de remédios no momento, não precisam participar. “O ideal seria ter a presença de pelo menos uma pessoa de cada família”, sugere Natalina.
Uma das idealizadoras do Programa, a secretária Municipal de Saúde, Maristela Valler, mantém firme o propósito inicial, que resume em poucas palavras. “É nosso dever, como profissionais da saúde, ir ao encontro do paciente, da pessoa”. Segundo ela, o foco do programa é realizar um trabalho de prevenção, com informações e orientações importantes à população. Nesse sentido, o programa extrapola o âmbito da saúde, abarcando também as dimensões social, laboral, familiar, pessoal. A título de exemplificação, no mês de abril deste ano quem acompanhou a equipe da Saúde foi o veterinário Ody Hess, que abordou o tema da Brucelose Bovina.
A cada dois meses aproximadamente 30% da população adulta do município participa dos encontros do Programa “A saúde vai à sua comunidade”. Otimista em relação ao Programa, Maristela reconhece que lidar com a saúde das pessoas é um desafio constante, uma missão nobre que exige, além de adequada formação e conhecimento técnico, paixão pelas pessoas.

Galeria de fotos

Leia também...