Efrait, Itapiranga, Feira
20/04/2017 14:19 (atualizado em 21/04/2017 22:33)

9ª Efrait: shows para todos os gostos As noites de 28 a 30 de abril prometem agitar Itapiranga e região. Com três shows de bandas renomadas muita música no esquenta e com DJ, a festa na 9ª Efrait será para todos os públicos

NENHUM DE NÓS


Na sexta-feira, o agito na arena de shows começa às 22h com som de Juca Bala, músico chapecoense conhecido na região por seu repertório de clássicos do pop-rock. A partir das 23h15, o som fica por conta da banda gaúcha Nenhum de Nós.

Em 2016 o Nenhum de Nós completou 30 anos de carreira. Com quase 2 mil shows e milhares de discos vendidos, a banda já recebeu diversos prêmios, reconhecimento de público e crítica, e possui uma legião de fãs. Desde o início, mantem a mesma formação.

Em 1987, seu disco de estreia trazia o primeiro sucesso: “Camila Camila”. Um ano depois o Nenhum emplacou outro hit: “Astronauta de Mármore” (versão para Starman, de David Bowie). Dois álbuns viriam ainda em sequência, em 1990 e 1992 (Extraño e Nenhum de Nós, respectivamente). Estes quatro discos seriam resumidos através do primeiro álbum acústico de um grupo brasileiro, “Acústico ao Vivo no Theatro São Pedro”, lançado em 1994 (Disco de Ouro).

Em 1996 com “Mundo Diablo” e 1998 com “Paz e Amor” a banda preparou terreno para “Histórias Reais Seres Imaginários” lançado em 2001. É destes três discos que vieram os sucessos “Vou Deixar Que Você Se Vá”, “Paz e Amor”, “Da Janela”, “Você Vai Lembrar de Mim”, “Amanhã ou Depois” e “Eu Não Entendo”.

A segunda etapa da carreira da banda (de 1996 a 2002) ressurge com o álbum “Acústico Ao Vivo 2”, o primeiro DVD da banda (e com ele mais outro Disco de Ouro). Em julho de 2005 o grupo lançou “Pequeno Universo”, o 11º álbum aos vinte anos de carreira, com novas canções como “Dança do Tempo”, “Cada Lugar” e “Igual a Você”. “Nenhum de nós a céu aberto” é um registro ao vivo (CD e DVD) em que o grupo comemorou 20 anos de carreira num show gravado e lançado em 2007, em Porto Alegre. O CD e DVD foram relançados com nova capa e mesmo repertório em 2014.

Em 2010 a banda gravou seu 14º álbum, “Contos de Água e Fogo”. As faixas “Pequena” e “Último Beijo” foram os singles deste novo repertório. Em junho de 2015 lançaram seu 16º disco, “Sempre é Hoje”, com os sucessos “Milagre” e “Foi Amor”.

CONRADO E ALEKSANDRO


No sábado a festa começa às 22h na arena de shows, com o esquenta da dupla Zé Alécio e Eduardo, tocando as melhores do sertanejo universitário. À meia-noite sobe ao palco a esperada atração nacional Conrado e Aleksandro.

Com mais de 1 milhão de seguidores no Facebook, os músicos se conheceram em 2003, na cidade de Dourados, Mato Grosso do Sul. Estava criada a dupla "Conrado e Aleksandro" ainda meninos, que se apresentavam em pequenos eventos e nas rádios que visitavam na região.

Com Aleksandro na composição, a dupla gravou seu primeiro CD demo em 2005. No entanto, nessa época, a faculdade dos cantores ganhou prioridade - e a carreira na música foi adiada. Em 2009, Conrado e Aleksandro puderam dar asas ao sonho de levar sua música sertaneja por todo o Brasil. Seu terceiro CD lançado pela gravadora Som Livre, conta com a faixa "Certos Detalhes", fruto da parceria com o cantor Luan Santana. Em agosto de 2012 houve a gravação do primeiro DVD da carreira da dupla, com show na cidade de Maringá PR.

De 2014, o CD e DVD “Lobos” foi um verdadeiro marco na carreira da dupla, emplacando canções como “Quem nunca”, “Caminhonete inteira”, “Pode chorar” e “Lobos”.

O CD e DVD de 2015, “Ao vivo em Curitiba” tem 24 faixas de puro sucesso, e hits como “Chorando mamado”, “Capivara”, “Hino dos machos” e muitos outros.

 

OSWALDIR E CARLOS MAGRÃO


No domingo, 30 de abril e véspera de feriado, a festa continua na Efrait. Às 20h a dupla Marcos César e Osvaldir abrem a arena de shows e a partir das 21h30 o tradicionalismo de Oswaldir e Carlos Magrão prometem emocionar e divertir o público.

A história de Oswaldir & Carlos Magrão tem origem em Passo Fundo, RS. Por volta de 1985 os dois se conheceram, convidados a gravar o clipe de uma música acompanhando um outro artista. O sucesso a partir daí começou a rondar a dupla. Eles abriam shows já consagrados e muitas vezes arrancavam mais aplausos do que os próprios artistas principais. Nascia então a dupla Oswaldir & Carlos Magrão. Em 1988 gravaram o primeiro long play: Versos, Guitarra e Caminho, com as músicas: Um Pito, Santa Helena da Serra, e Melo do Cruzaids.

Veio à tona aí uma antiga amizade do Oswaldir com Sérgio Reis, por tê-lo acompanhado inúmeras vezes com o conjunto Os Invencíveis. A dupla foi abrir os shows de Sérgio Reis, e ele propôs se gostariam de colocar alguma música no Festival Rimula Schell em São Paulo. E eles disseram que tinham a música com o refrão: “o que que há, o que é que tem, uma tetinha nunca fez mal pra ninguém”. Aí nasceu o primeiro grande sucesso, a música “Tetinha”, que ganhou o festival Rimula Schell de música regional brasileira e consagrou a dupla em todo o país. A dupla foi morar em São Paulo por 5 anos, o que proporcionou grandes amizades como Zezé di Camargo, João Paulo e Daniel, Eduardo Araujo e outros. O segundo disco Ruas e Luas, em 1990, tinha a música Tetinha, junto com Adeus Mariana, Vá Embora Tristeza, Estrada Velha.

Em 1993 veio o terceiro disco trazendo a primeira gravação da música Querência Amada (Teixeirinha). Em 1994 lançam o CD Festeral, com sucessos como O Colono e Você Endoideceu meu Coração. Em 1995 lançam Querência Amada, que se consagra como o CD mais vendido da dupla até hoje. A música tornou-se um hino no Rio Grande do Sul, ultrapassou a marca de mais de 400 mil discos vendidos e deu o primeiro Disco de Ouro da carreira de Oswaldir & Carlos Magrão. Sucessos como: Nós, Eu Sou do Sul, Roda de Chimarrão fazem deste disco até hoje o mais vendido e mais conhecido da dupla.

Em 1998 lançam o CD Lago Verde Azul, que destaca sucessos como Mocinho Aventureiro, Lago Verde Azul e Guri. Em 2002 com Mulher Chorona seguem traçando uma trajetória de sucesso como divulgadores da cultura gaúcha. Em 2008 lançaram o CD Lua Bonita e em 2015 a dupla grava "De tudo Um Pouco", CD que conta com 14 músicas inéditas, em uma mistura de ritmos.

São 17 CDs e um DVD lançados e mais de um milhão de cópias vendidas, que lhes rendeu o Disco de Platina em novembro de 2011. Fãs espalhados por todo o país entre todas as faixas etárias, fazem de Oswaldir & Carlos Magrão a dupla de ouro do Rio Grande do Sul.

Galeria de fotos

Fonte: Assessoria de Comunicação Efrait

Leia também...